CopiaMax
   
   
  Última atualização   21 de outubro de 2019 | 04:08:28
Contato

Projeto Vira-Lata Digital oferece oficinas de robótica livre para crianças e adolescentes


Incluída em: 11/09/2019 | 09:16


Você já pensou para onde vai o lixo tecnológico que produzimos? Você sabe o que é feito com tudo que não usamos mais, como aparelhos de TV antigos, equipamentos de som, computadores e impressoras que substituímos por modelos mais recentes? Reaproveitar o nosso lixo tecnológico de cada dia por meio de oficinas de robótica livre para crianças e adolescentes é o objetivo do projeto Vira-Lata Digital, desenvolvido com patrocínio da Prefeitura, via Secretaria Municipal de Promoção Social.

O projeto socioambiental acontece no Galpão das Artes, no Jardim Ipê, e é voltado para crianças e adolescentes de 6 a 16 anos atendidos pela instituição e adolescentes e jovens de 13 a 18 anos, em situação de vulnerabilidade social ou econômica encaminhados pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

A iniciativa, que teve início no ano passado e, desde maio de 2019, conta com patrocínio da Prefeitura, utiliza lixo tecnológico e sucatas como recurso em oficinas de robótica, artes com sucatas e ações em prol do meio ambiente e da promoção social de crianças, adolescentes e jovens.

O responsável pelo projeto, Pedro Henrique de Carvalho Godoy, ressalta que o projeto atua em duas frentes, aliando preservação ambiental e trabalho social, em oficinas de robótica livre. “Diferente do que acontece na robótica tradicional, que trabalha com kits e equipamentos específicos adquiridos para este fim, o nosso projeto utiliza do lixo para construir artigos de robótica e também arte com sucata”, explica.

Somente nos três primeiros meses do projeto patrocinado, já foram coletados aproximadamente 30 TVs/monitores antigos, 8 aparelhos de som antigos, 10 impressoras, 13 computadores, entre outros lixos tecnológicos e sucatas, que poderiam ter sido descartados no meio ambiente, mas foram aproveitados nas oficinas.

“Todo o esforço tem sido recompensado com resultados muito positivos. As crianças e adolescentes demonstram diariamente grande interesse pelas atividades propostas, fazem questionamentos sobre as ciências envolvidas e mostram dedicação na criação dos projetos. Em três meses, já desenvolvemos 5 projetos e experimentos”, conta Godoy.

Projetos socioassistenciais patrocinados
Este é o primeiro ano em que projetos voltados para os públicos atendidos pela Secretaria Municipal de Promoção Social foram beneficiados por meio de chamada pública da Prefeitura, que substituiu a modalidade Patrocínio Direto pelo DME, atendendo a exigências legais. Foram 57 projetos inscritos, sendo 12 iniciativas contempladas para execução em 2019, com investimento total de R$ 200 mil, beneficiando crianças, adolescentes, adultos e idosos.

“É com muita alegria que efetivamos esta conquista, ampliando os serviços oferecidos aos nossos usuários. Acompanhamos de perto a execução das iniciativas e é possível observar os resultados práticos na vida das pessoas beneficiadas, com especial atenção para as crianças e adolescentes”, destaca a secretária municipal de Promoção Social, Luzia Teixeira Martins.

--
Secretaria Municipal de Comunicação Social
Prefeitura de Poços de Caldas
(35) 3697-5053
Pocos-Net 2017 5 2 - Anuncie Aqui PINHAL net 2017 4



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados