CopiaMax
   
   
  Última atualização   21 de outubro de 2019 | 05:30:24
Contato

Poços é destaque em renda e saúde


Incluída em: 27/09/2011 | 11:04


Segundo pesquisa divulgada pela Fundação João Pinheiro com base no Censo de 2010, Poços de Caldas é o município com maior renda per capita da região sulmineira. Em seguida, estão as cidades de São Lourenço, Lavras, Varginha e Pouso Alegre. Poços está em destaque também no estado, onde ocupa a oitava posição, perdendo apenas para Nova Lima, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberlândia, Uberaba, Lagoa Santa e Brumadinho.

Pesquisa do SEBRAE, sobre o Índice de Competitividade dos Municípios Mineiros em 2011, coloca Poços de Caldas em destaque já que o município foi classificado pela primeira vez  entre os melhores, ficando em 12º lugar, substituindo o município de Timóteo.

O levantamento leva em conta cinco índices: “Performance Econômica”, que abrange os aspectos relacionados à atividade econômica, comércio internacional, remuneração e emprego; “Capacidade de Alavancagem do Governo”, referente a finanças públicas; “Quadro Social”, englobando os principais indicadores sociais; “Suporte aos Negócios”, compreendendo mercados de trabalho, instituições de apoio e multiplicidade da economia; e “Infraestrutura”, que considera a estrutura básica, educação, saúde e meio ambiente.

Saúde   
A cidade de Poços de Caldas  vem se destacando também na área da saúde, estando entre aquelas que possuem um bom sistema de atendimento à população, com hospitais, unidades básicas de saúde, programas e equipamentos que permitem um atendimento diferenciado se comparado a outras cidades não só mineiras, mas de todo o país.

Pesquisa realizada por um veículo de comunicação com sede na cidade de Pouso Alegre indica Poços de Caldas como a melhor do Sul de Minas nesta área. No dia 22 de outubro próximo o prefeito Paulo Cesar Silva será homenageado naquela cidade com a Medalha Fernão Dias pelo trabalho que sua administração desenvolve na área da saúde, enquanto que o titular da pasta, Dr. Julio Balducci receberá o Troféu Bandeirantes na condição de Melhor Secretário de Saúde da região.

Segundo Julio esta homenagem o deixa satisfeito por se tratar do reconhecimento ao trabalho que ele e toda sua equipe desenvolvem à frente daquela secretaria. Já o prefeito Paulo Cesar Silva reconhece como justa a homenagem porque desde o início do seu governo traçou e vem cumprindo como meta prioritária o investimento no ser humano. “Investimos 28% da receita nesta área, quando a lei determina que seja destinado apenas 15% para a saúde”, diz ele, lembrando que a saúde se transformou nas últimas administrações num desafio a ser vencido.

Programas e Ações 
Nas 32 Unidades Básicas de Saúde que o município possui, é trabalhada, principalmente, a prevenção de doenças, através de diversos programas, como Hiperdia, Saúde da Mulher, Saúde do Homem, Saúde do Idoso, da Criança, entre outros. “Os programas de saúde têm começo, meio e fim.

Na porta de entrada, que são as unidades básicas (postos e PSF), o paciente tem o diagnóstico, depois tem o tratamento e o acompanhamento. Por exemplo, um diabético, que tem sua doença diagnosticada, vai ao posto mais próximo de sua casa, tem atendimento pelo Hiperdia, recebe o aparelho para medir o seu diabetes, a fita e o medicamento. Se ele se cuidar, seguindo as orientações recebidas pelo médico e pessoal da enfermagem do seu posto de saúde, vai ter uma qualidade de vida muito boa, sem se deslocar de seu bairro”, destaca dr Julio.

Outro destaque é o programa Visão Saudável, desenvolvido pela Prefeitura em parceria com o Lions Clube Alumínio e Cismarpa. “Já foram realizadas mais de 5 mil consultas oftalmológicas, desde dezembro de 2010. Em regime de mutirão, realizamos 2.500 cirurgias, inclusive enviando para outros municípios os casos sem resolução aqui, com custo zero para o paciente”.

Com relação ao Tratamento Fora de Domicílio (TFD), o secretário informa ainda que Poços envia 2000 pacientes para serem tratados em cidades como São Paulo, Campinas e Ribeirão Preto, com “custos bancados totalmente pelo município”.

No Programa Saúde da Mulher, há os serviços de prevenção de câncer de mama e câncer de útero, e tratamento tanto no HZL como na Santa Casa; e  atendimento a gestantes de risco, tudo isso no Hospital da Zona Leste, com equipamentos de última geração e também o Materno Infantil, com acompanhamento da gestante e também da criança até os dois anos de vida. “Por isso, temos o menor índice de mortalidade infantil do país, em torno de 8,9%”.

Por outro lado, o Programa de Planejamento Familiar realizou 400 laqueaduras, com todos os trâmites legais de acordo com o preconizado pelo Conselho Federal de Medicina. “Vamos iniciar agora as cirurgias de vasectomia”, informa o secretário. “São ações extra governo estadual e federal, que o município desenvolve com recursos próprios”.

O Programa Saúde do Homem, desenvolvido também no Hospital da Zona Leste, para onde o paciente é encaminhado se seu exame deu alterado, exame preventivo realizado na unidade básica de saúde. Então, é encaminhado para o HZL, onde passa pelo urologista, faz ultrassom retal, biópsia retal de próstata. Se confirmada alteração, encaminha para oncologista e é tratado em equipamento de última geração, adquirido pelo município. Equipamento que faz cirurgia de próstata com laser, o segundo no país a fazer o tratamento pelo SUS.

Outro destaque é a Farmácia Municipal, com cesta básica composta por cerca de 400 medicamentos e quatro pontos de distribuição distribuídos por todo o município. Além disso, medicamentos de uso contínuo, como diabetes e hipertensão, são distribuídos nas unidades básicas de saúde.

O município passou a contar com uma unidade da AACD, localmente chamada por ARCD. A AACD construiu o prédio, mas a manutenção é feita com recursos do município, que destina R$ 70 mil por mês para o atendimento à criança defeituosa, tanto moradoras de Poços, como da região.

O serviço de fisioterapia também é destaque em Poços, com  quatro clínicas próprias. Atende paciente neurológico, que sofreu derrame, ou infarto, ou algum trauma, além de fisioterapia respiratória. “Hoje temos facilidade no serviço, sem fila de espera, e a recuperação do paciente é muito boa”, destaca o secretário.

Poços de Caldas é a única cidade do sul do estado a possuir uma unidade do SAMU-Serviço Móvel de Urgência, com cinco viaturas, sendo duas 2010, uma 2011 e as demais em excelente estado também. “A população está tranqüila, porque sabe, se precisar de um serviço de urgência, tem o SAMU 24 horas à disposição da população. Isso já há cinco anos”, afirma Júlio Balducci.

Finalizando, o secretário  reafirma os programas de prevenção como destaque. “Programas de Hanseníase, Tuberculose, DST e Aids, são referência no país pelo pronto atendimento e qualidade nos serviços prestados”.

ACS/Prefeitura de Poços de Caldas
 

Pocos-Net 2017 3 Pocos-Net 2017 5 2 - Anuncie Aqui



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados