Start Outdoor
   
   
  Última atualização   17 de novembro de 2019 | 22:12:15
Contato

Hemominas fecha o ano de 2012 com 219 coletas externas realizadas


Incluída em: 26/12/2012 | 06:43


No ano de 2012, a rede Hemominas realizou 219 coletas externas em todo o Estado, somando 16.374 doadores de sangue. A gerente de Coletas Externas da rede Hemominas, Deborah Carvalho, explicou que o desafio das coletas externas é manter a qualidade do sangue e a segurança do doador durante o processo. “As coletas externas são uma extensão das coletas internas, então o mesmo padrão de qualidade que possui uma coleta interna tem que ter na externa. Com isso, alcançamos um produto final de qualidade, independente do local onde é realizada a coleta de sangue”, afirmou.

 

A partir de 2005, o projeto de Coletas Externas da Fundação Hemominas consolidou-se na rotina das ações da instituição. As coletas externas são realizadas em empresas, instituições, associações de bairros, universidades e municípios, e são uma forma de facilitar o acesso do cidadão à doação de sangue, declarou Deborah Carvalho. “O mais importante é saber que a pessoa entendeu a mensagem. Se ela foi até o local de doação é porque percebeu a importância da doação de sangue”, afirma. Antes das coletas, técnicos da Hemominas realizam palestras para sensibilização dos envolvidos e esclarecimento de dúvidas em relação à doação, além de um planejamento e deslocamento da equipe médica e técnica.

 

Para que a coleta externa seja compensadora, é preciso, no mínimo, 50 candidatos à doação. Segundo Deborah Carvalho, a unidade da Hemominas de Ponte Nova, na Zona da Mata, realizou a coleta de maior sucesso deste ano. A ação foi realizada na Universidade Federal de Viçosa, na qual estavam previstos 150 candidatos e compareceram 173.

 

Hemocentro de Belo Horizonte bate meta de coletas externas em 2012

O Hemocentro de Belo Horizonte realizou 64 coletas externas, contabilizando 3.669 candidatos. Desse número, 2.976 efetuaram a doação de sangue. Esse tipo de ação ainda teve outro saldo positivo para a Hemominas: 1.875 pessoas puderam fazer a doação pela primeira vez.

 

Segundo a assistente social do Hemocentro de Belo Horizonte, Zélia Ottoni, a unidade conseguiu alcançar as metas de coletas externas, já que no ano passado o número foi de 58. “Tivemos a oportunidade de atender mais solicitações da comunidade e ajudar no estoque de sangue”, afirmou.

 

A última coleta realizada na capital mineira foi no dia 11 de dezembro, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no campus de Engenharia, data em que foi comemorado o Dia do Engenheiro. Cerca de 50 pessoas realizaram a doação, entre estudantes e funcionários.

 

Para preparar a coleta externa, Zélia Ottoni, realiza palestras de conscientização. “Realizamos um trabalho de orientação sobre a doação voluntária de sangue através de divulgação de setor em setor ou de palestras, distribuição de folders, avisos pela internet, cartazes, dentre outros”, disse a assistente social. 

 

O estudante de engenharia elétrica, Rafael Abrantes, está cursando o 10° período e fez sua primeira doação de sangue. “O sentimento de saber que doando sangue irei contribuir para alguém é muito gratificante”, afirmou.

 

O funcionário do setor de serviços gerais do curso de engenharia, Paulo Roberto de Souza, contou que já realizou mais de 40 doações de sangue. “Meu objetivo é poder ajudar alguém. Enquanto eu puder doar vou continuar, porque é muito importante”, opinou.

 

Já para a estudante do 6° período de engenharia mecânica, Suzana Rodrigues, doar sangue é um ato simples que pode fazer a diferença na vida de alguém. “Apesar de não saber quem vai receber o meu sangue, é legal saber que vou ajudar uma pessoa que precisa”, finalizou.

 

Para o ano de 2013, o Hemocentro de Belo Horizonte planeja ampliar o atendimento das coletas externas para 100 candidatos a cada coleta; além de que, em um sábado por mês, o Hemocentro pretende atender nas cidades do interior.

 

Doação de Sangue 

Para doar sangue, o candidato deve comparecer ao local da coleta com documento de identidade oficial dentro do prazo de validade e com foto; ter entre 18 e 67 anos; pesar acima de 50 quilos; ter e estar com boa saúde; não apresentar sintomas de gripe; não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tido doença de chagas e não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis. Jovens com 16 e 17 anos somente poderão se candidatar à doação de sangue com a presença dos responsáveis legais ou autorização dos responsáveis com firma reconhecida em cartório, cujo modelo de autorização está disponível no site www.hemominas.mg.gov.br.

 

Agência Minas

 

 

Pocos-Net 2017 5 2 - Anuncie Aqui PINHAL net 2017 4



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados