TV Poços
   
   
  Última atualização   22 de outubro de 2019 | 11:40:09
Contato

4º Concurso de Qualidade dos Cafés de Poços de Caldas premia vencedores


Incluída em: 14/10/2011 | 17:01


Foi realizada, na última terça-feira (11), a final do 4º Concurso de Qualidade dos Cafés de Poços de Caldas, que contou com cerimônia de premiação e leilão dos cafés premiados. Mais de 100 pessoas, entre cafeicultores e interessados na área, estiveram presentes no auditório do SESC para conhecer os melhores cafés do município.

No leilão, os três melhores cafés de cada categoria (Café Natural e Café Cereja Descascado) foram apresentados aos compradores que fizeram suas ofertas. O preço mínimo era de R$ 540,00 para café natural e R$ 560,00 para cafés cereja descascado.

Além do ágio na comercialização dos lotes, os vencedores também receberam premiações. Os primeiros colocados ganharam uma derriçadeira (oferecimento Comercial Rio das Antas, Café Poços e Cereale). Já os segundos colocados receberam tratamento com Priori Xtra e Verdadero para um hectare de café (oferecimento Cereale Syngenta) e os produtores que ficaram com a 3ª colocação ganharam 1kg de Verdadero (oferecimento Cereale Syngenta).

Sustentabilidade
A novidade neste ano foi o Prêmio Destaque em Sustentabilidade, patrocinado pela empresa Nova Botânica Ambiental, que teve por objetivo incentivar os cafeicultores do município a investir, além da qualidade, em aspectos ambientais, sociais e culturais, com preocupação com o meio ambiente, funcionários e comunidade na qual a propriedade está inserida.

Após check-list aplicado em cada uma das 18 propriedades finalistas, o premio Destaque em Sustentabilidade foi entregue a Fazenda Barreiro, do proprietário Francisco Otávio Lotufo. Como premio, a propriedade ganhou um Plano Ambiental, que será desenvolvido pela Nova Botânica.

Foram entregues certificados de participação para todos os produtores que enviaram amostras. Neste ano, o concurso contou com 30 participantes. De acordo com o extensionista da EMATER, Péricles Alexandre Marques, a qualidade das amostras foi muito superior aos anos anteriores, com participação de mais produtores que apresentaram cafés de alto nível.

Exportações
Já a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Cibele Melo Benjamim, destacou o grande crescimento do setor nas exportações do município. Os cafés de qualidade deram um salto e ultrapassaram as exportações de bauxita.

Somente de janeiro a agosto deste ano, o café foi responsável pela movimentação de 80,99% das exportações do município, totalizando U$ 470.747.738,00. No mesmo período do ano passado, foram exportados U$ 122.724.048,00, dos quais apenas 19,63% foram de café.

Durante a cerimônia, foi apresentado um vídeo com imagens de todas as etapas do concurso, numa produção divertida que mostrava a paixão por café. Os produtores também participaram de palestras do programa Nucoffee da Syngenta e da empresa Nova Botânica Ambiental e do professor Leandro Paiva, do Instituto Federal do Sul de Minas, campus Machado, que falou sobre a organização do concurso e da qualidade dos cafés de Poços de Caldas.

Outro destaque do concurso foi o coffee break oferecido pela empresa Cereale, que contou com a degustação dos cafés finalistas do Concurso de Poços de Caldas. Todos os presentes puderam apreciar cafés de altíssima qualidade, servidos na máquina de café expresso ou na forma de café coado.

“O concurso foi um sucesso. Todos os nossos objetivos foram alcançados. Destacamos a parceria com diversas empresas do município e de toda a região que apoiaram o concurso de Poços de Caldas, valorizando nossos produtores. Encerramos esse trabalho com chave de ouro”, analisou o coordenador da Divisão de Fomento Agropecuário, Ulisses Ferreira de Oliveira, que aproveitou para agradecer os parceiros EMATER-MG e o IFSULDEMINAS.

Confira os vencedores:
Categoria Café Natural
1º- Ana Maria Cagnani Leite – Sítio Fundão – vendido a R$ 660,00 a saca (Comprador Bourbon) - 84 pontos
2º- Francisco Otávio Lotufo – Fazenda Barreiro – vendido a R$ 570,00 a saca. (Comprador Bourbon) - 83,3 pontos
3º- Milton Prado – Sítio Prado – vendido a R$ 620,00 a saca (Comprador SMC) - 83,00 pontos

Categoria Café Cereja Descascado
1º Marco Aurélio Flora – Fazenda Cachoeirinha – vendido a R$ 700,00 a saca. (Comprador Bourbon) 85 pontos
2º Francisco Otávio Lotufo – Fazenda Barreiro – vendido a R$ 640,00 a saca. (Comprador Bourbon) 82 pontos
3º Carlos Henrique Vieira – Fazenda Rio das Antas – vendido a R4 610,00 a saca. (Comprador Bourbon) 81,3 pontos

ACS/Prefeitura de Poços de Caldas

2 - Anuncie Aqui PINHAL net 2017 4 Pocos-Net 2017 2



ENQUETE

Sites Poços - Net | Anuncie | Central de Denúncias | Trabalhe na Rede Sulmineira de Provedores Ltda. | Política de Privacidade
© Copyright 1996-2013, Grupo Poços-Net - Todos os direitos reservados